quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Filhote de leão salvo pela mãe em cenas dramáticas

Um dramático resgate capturado pelas lentes do fotógrafo Jean-Francois Largot

O fotógrafo da vida selvagem Jean-Francois Largot estava na reserva do Quênia quando assistiu a uma leoa resgatando seu filhote depois que o leãozinho caiu no barranco de um rio. Ele tomou uma seqüência incrível de fotografias mostrando a forte amor maternal desses grandes felinos pelos seus filhotes. 



Lutando pela vida, o filhote mal consegue manter o equilíbrio no lado do penhasco vertical. Seus gritos de socorro foram ouvidos por sua mãe e por outras leoas do grupo.

Três outras leoas chegam à beira do precipício tentando ajudar. Elas tentam descer, mas, ao olhar para baixo, recuam assustadas com medo da queda fatal. Eventualmente, o único fator que determina qual delas vai arriscar a vida para salvar o jovem é o amor maternal que os felinos tem por seus filhos. 

Lentamente, dolorosamente, a mãe vai em direção do filho apavorado, usando suas poderosas garras para se agarrar na encosta do penhasco. Um deslize dela e os dois animais podem acabar mortos no fundo da ravina. O filhote esgotado, prestes a cair, é capturado por sua forte mandíbula e, então, começa a viagem de volta igualmente perigosa. Observe a inclinação do barranco, a contração dos poderosos músculos da leoa e o esforço e concentração na tarefa.

Amor maternal: minutos depois, eles chegam e ela dá a seu filho assustado uma consoladora lambida para dizer que está tudo bem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário